Com as mudanças que o corpo sofre mediante uma gravidez, a ocorrência de dores na coluna se torna bastante comum. Seja fisicamente ou psicologicamente, o corpo das mulheres passam por diversas alterações para acolher o bebê que está se formando.

Através desse post, vamos entender o porquê dessa constante dor nas costas durante a gravidez e o que fazer para lidar com elas.

Vamos lá? Boa leitura!

Por que as dores na coluna são constantes durante a Gravidez?

Segundo um artigo publicado na revista Efdeportes acerca da incidência de dores no período gestacional, o percentual de mulheres grávidas entre 29 e 40 anos que relataram sentir dores na lombar, principalmente no segundo semestre de gestação, passa de 70%.

O que significa ser comum a ocorrência desse tipo de dor na gravidez. No entanto, vamos aprofundar um pouco mais para entender por que essas dores acontecem tão constantemente.

Primeiramente, é preciso entender que o corpo da mulher precisa se adaptar para acolher o novo ser que será formado dentro dele, por isso à medida que o bebê vai crescendo, o útero também aumenta, o que gera o enfraquecimento dos músculos da área abdominal, devido às alterações sofridas.

Com essas mudanças, o centro de gravidade do corpo da mulher é alterado e acaba forçando os nervos da coluna, provocando a lombalgia.

Tipos e Sintomas da lombalgia

Os tipos de dor lombar em mulheres grávidas podem ocorrer de duas maneiras: a dor lombar nas vértebras lombares e a dor pélvica que ocorre atrás da pelve.

Os sintomas da dor lombar nas vértebras são:

  • Sensação de queimação ou “choque” na região lombar;
  • Incapacidade de ficar de pé ou de se movimentar livremente;
  • Irradiação da dor para as pernas (ciatalgia);
  • Dor intensa e aguda.

No caso da dor pélvica posterior, o principal sintoma é o incômodo constante na região atrás da pelve que pode ter início durante a gravidez ou cerca de 3 meses após o parto.

Estudos demonstram a eficácia da realização de exercícios no período gestacional para diminuir a ocorrência das dores na região pélvica.

Existem também relatos de mulheres que sentem dor no ciático no período gestacional.

Esse tipo de dor, que ocorre da região lombar até o pé, não tem uma relação comprovada com o crescimento do útero na formação do bebê, por isso o mais indicado é que se procure um especialista em ortopedia para avaliar o que pode está provocando essas dores.

Como aliviar as dores na coluna durante a gravidez?

Existem algumas maneiras de aliviar a dor lombar no período gestacional que vai depender muito da mudança de hábitos das gestantes como evitar permanecer por muito tempo sentada na mesma posição, ou em pé utilizando salto alto.

Fazer uso de compressas quente, alterando com gelada na região da dor pode ajudar também, além do banho quente que ajuda na sensação de relaxamento e alívio da dor.

No ambiente de trabalho, por exemplo, a gestante pode passar a utilizar cadeiras mais adequadas, evitar os agachamentos e carregamento de pesos.

O uso de cintas, conforme orientação médica, também pode ser uma boa maneira de tratar a dor lombar.

Ademais, existem estudos que orientam a realização de exercícios físicos que colaboram para reduzir a incidência de dores na gestação.

Essa realidade deve ser definida com o seu médico, pois algumas mulheres grávidas podem ter restrições quanto a atividades físicas nesse período.

Havendo a possibilidade, podem ser feitos exercícios orientados por um profissional de fisioterapia como pilates, caminhada, bicicleta e até yoga para aliviar os incômodos causados pela dor lombar.

Se essas informações foram úteis para você, leia mais em nosso blog e fique por dentro de como cuidar bem da sua saúde!

Leave a Reply