Na volta às aulas presenciais, volta também uma preocupação: o excesso de peso na mochila. É bastante comum que as crianças fiquem extremamente eufóricas para a volta às aulas e até mesmo para comprar novos materiais escolares que, muitas vezes, deixam suas mochilas extremamente pesadas de cadernos, livros e outros materiais de uso escolar.

Mesmo que exista uma variedade de produtos, tais como lápis de cores, cadernos com diversos tamanhos e pesos, é necessário se atentar a esses itens. Uma mochila pesada pode acabar trazendo dores musculares às crianças e, em longo prazo, isso pode acabar sendo um problema.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, confira o nosso post até o final e saiba como evitar uma mochila pesada, sem prejudicar o aluno com futuras dores na coluna e em outras regiões do corpo.

Qual é o peso ideal de uma mochila escolar?

A mochila escolar já com os materiais dentro da mochila não deve passar dos 10% em relação ao peso total da criança. Em outras palavras, uma criança pode pesar cerca de 30 quilos, e logo, não levar uma mochila com mais de 3 quilos para a escola. Pois caso contrário, ela irá sentir dores crônicas.

Essa tarefa precisa ser avaliada pelos pais, pois existem materiais que tendem a ser mais leves, e assim, contribuir com a redução de peso. Sem contar no excesso de materiais, que não precisam ser exagerados, buscando apenas o necessário para evitar possíveis dores e desconfortos.

Principais dicas para o peso ideal de uma mochila?

Agora que você já sabe a importância de manter um peso ideal para uma mochila escolar de uma criança, confira algumas dicas abaixo para otimizar ainda mais esse objetivo e evitar o uso de uma mochila pesada:

peso da mochila

  1. Opte por uma mochila mais leve

Existem diversos tipos de materiais em mochilas. Dessa forma, busque escolher aquela que ofereça um material de qualidade, mas que não tenha elementos que acabam pesando a sua mochila, além dos materiais que serão posteriormente colocados para dar condição aos seus estudos.

Portanto, se houver como poder pesar as mochilas para comparar com o peso da criança, pode ser ideal para conferir ainda mais qualidade no tipo de mochila.

  1. Não é necessário que todo o material caiba dentro da mochila

É necessário entender que não há necessidade de que todo o material comprado ou aqueles que sejam exigidos na escola precisam estar dentro da mochila. O ideal é levar apenas o necessário.

Caso esse “necessário” ainda seja muito, é possível levar alguns livros e materiais nos braços, ou optar por livros digitais e investir no uso de tablet, se a escola permitir. Mas de forma que não pese e nem fique desconfortável para a criança.

  1. Mochila com rodinhas pode ajudar (mas nem sempre)

As mochilas com rodinhas tendem a ajudar a aliviar o peso das costas, dependendo da quantidade de materiais que é preciso levar nas mochilas. Contudo, devemos lembrar que a altura do puxador da mochila tem que estar na mesma altura da cintura da criança.

Contudo, apesar de as rodinhas oferecerem ainda mais facilidade para puxar as mochilas, o indicado é que apenas 10% do peso da criança esteja sendo proporcional ao peso gerado da mochila durante a condução. Além disso, pode ser necessário observar se a escola oferece rampas de acesso em vez de escadas extremamente íngremes.

Gostou das dicas? Agora que você já sabe como evitar dores de uma criança com mochila pesada, que tal conhecer os nossos serviços? Acesse agora mesmo o nosso site e saiba como podemos te ajudar nisso.

Dr André Lafratta

Leave a Reply